quinta-feira, 12 de novembro de 2015

o trompetista Ibrahim Maalouf e o álbum 'Khaltoum'

Saíu há pouco o álbum do trompetista Ibrahim Maalouf, intitulado "Khaltoum" que é, no fundo, uma homenagem à grande cantora egípcia Oum Khaltoum. Música árabe em trompete, pois.

Maalouf é um trompetista franco-libanês. Nascido em Beirut em 5 de Dezembro de 1980 é filho do músico de jazz (trompetista como ele) Nassim Maalouf e da pianista Nada Maalouf. Da mesma família também, é o escritor Amin Maalouf, seu tio. A família foge, durante a guerra civil do Líbano, e instalam-se num subúrbio de Paris. 

Desde muito novo, acompanha o pai num repertório e música  barroca: Albinoni, Vivaldi, Purcel. Interpreta muito novo o segundo concerto de Brandeburgo de Bach considerado muito difícil por vários trompetistas. 


Premiado nos grandes concursos de trompete clássico do mundo, é o único a tocar música árabe (inspirado nas canções da cantora egípcia Uhm Khaltoum) com uma trompete do tipo “quarto de tom” que o pai inventou nos anos 60. 

2 comentários:

  1. Venho deixar um beijinho e desejar-lhe um bom fim-de-semana:)

    ResponderEliminar
  2. Diferente e delicioso para os meus sentidos, gostei.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar