quarta-feira, 22 de maio de 2013

O Justo, n' "O Livro dos Salmos", comentado por André Chouraqui





Penso tantas vezes: "falar para quê? Escrever para quê? Não interessa a ninguém..."

Depois, reflicto e concluo que tudo o que disser aos outros poderá ajudá-los a não estarem tão sozinhos.


As almas "solitárias" são muitas vezes como pássaros, di-lo o Rei David nos seus Salmos, e, por isso, têm que se  refugiar na montanha, porque, tal como aos pássaros, de nada lhes serve a sua inocência quando o mal e ou o criminoso rondam, com a sua teia de morte, para destruir a alma justa.


Vittore Carpaccio, pormenor, pássaro vermelho


"Foge para a montanha, pássaro!", diz David.


Tal como o pássaro, inocente, também a alma desprotegida, ou aquele que for justo no seu coração ("the upright in heart", dizem de forma bela as traduções inglesas), têm de se refugiar,  ao abrigo da morte e do criminoso, do ímpio (porque "não-justo").

pássaro milheirinho (blog Trepadeira)


Leio muitas vezes os "Salmos". 

Como leio os Evangelhos dos Apóstolos, e o meu preferido é o da Águia, o Evangelho de São João, profundo e cheio de inteligência...



Não me sinto religiosa nem ateia. Acredito na grandeza da vida! Na maravilha que é a natureza que nos rodeia. Acredito nas pessoas de boa vontade...
pássaro cartaxa, blog Trepadeira

pintarroxos, blog Trepadeira


Estes livros têm-me acompanhado ao longo da vida, como outras leituras de sabedoria e lições de vida. Como o "Pirqe Abot", a chamada "Ética dos Pais" (ou dos Padres), livro-chave do comportamento do justo, da rectidão moral,  na religião hebraica.

o pássaro do tempo, de Duy Huing


o "cartaxo" pássaro livre (Trepadeira)



Ética? Sim: 

porque deve ser a "ética " que nos deve mover; 
porque deve ser o amor pelos outros seres humanos que nos deve preocupar; 
porque deve ser o respeito  pelos animais - e tão belos os poemas "Fioretti" de São Francisco!- a empurrar-nos;
porque se deve desejar uma  forma de vida, igual, com dignidade e decência, para todos...

É isto que nos deve servir de modo de observação nas escolhas que fazemos... 

Pensando nessa  "Ética".

E  na justiça constante.

São Francisco, a benção do irmão leão


"Os 'justos' serão sempre perseguidos pelas flechas dos criminosos que armam um cerco à 'cidade da luz', aquela onde vive o Justo, que Deus ama".

Os criminosos, atacam -como o exército que cerca a cidade murada- e cercam os justos que seguem o caminho que leva à eternidade... 

gaivotas voando na Adraga

Por isso, o conselho é: "foge para a montanha! porque nem a tua ingenuidade nem a pureza te salvam dos criminosos!"

 Tal como o pássaro se deve refugiar na montanha, ao abrigo da morte que ronda, também o homem justo, por mais inocente que seja, o deve fazer...


 Caravaggio, David e  a cabeça de Golias

 o Rei David cantando e tocando  a sua harpa


Reli hoje o "Salmo 11", do Rei David,  no livro "Les Psaumes", salmos comentados por André Chouraqui, livro que me acompanha há muito e onde me "abrigo"...



1. No Senhor, eu me abrigo; como podeis dizer à minh’alma: “Voa para a montanha, pássaro"?

2. Sim, é o tempo em que os ímpios armam o seu arco; preparam  a flecha na corda para dispararem no escuro contra os que têm um  coração justo.

3. Mas se os fundamentos forem destruídos, que culpa tem o justo?

4. O Senhor (Yahave) está no seu Santuário, o seu trono está nos céus; os seus olhos, as suas  pálpebras contemplam os filhos do homem.

5. O Senhor examina o justo. O  criminoso e o amante da violência ésão detestados pelo seu "ser".

6. Sobre os criminosos faz cair brasas, o fogo,  o enxofre, o sopro ardentde, a parte da "taça" que lhes é devida;

7. Sim, ó justo, o Senhor ama os actos de justiça; e a equidade poderá contemplar a sua face.

O justo, o "équo" é o que poderá ver a face de Deus:  é ele o protector da cidade, ele é a luz. 
"A cidade ideal", de Perugino


Quando ele desaparece, deixa a cidade às escuras...



Como diz David, no "Salmo I", o homem justo - o homem seja ele de que religião for, homem ou mulher, segundo Chouraqui, é o que proceder deste modo, seguindo em frente, floresta fora...



Domenichino, "Abraão e Isaac a caminho do Monte Moriah"

floresta a caminho de Colares

"Em frente,
O homem que não vai trás do conselho dos criminosos,
Não para no caminho dos que pecam,
E não habita com os que têm, com eles, a pestilência,
2.mas que tem como único desejo a torah
E murmura a sua torah e reza de dia e de noite."

o "Salmo I", em hebraico


os rolos da torah 


Lago de Akselli-Gallen Kallella



Em frente, o homem...Ou o "justo" do belíssimo "Salmo XV", um dos meus preferidos:


1.Quem reside na tenda do Senhor?

Quem viverá no seu Templo?


2. Aquele que avançar com integridade, agir com justiça,
o que falar verdade no seu coração.


3. O que não difamar com a língua,
não magoar o seu companheiro,
nem ultrajar o seu próximo.


4. O que se afastar do que é desprezível a seus olhos.
O que honrar os que respeitam o Senhor.
 E o que promemte faz e não engana; 

5. O que não empresta dinheiro a juros;
 nem recebe "luvas" para condenar um inocente. 
O que se conduzir deste modo nunca cairá."


"Les Psaumes" (Louanges), traduzido do hebraico para fancês e comentado por André Chouraqui, nas Editions du Rocher,1996



Nota:
"André Chouraqui, traductor da Bíblia, dos Evangelhos e do Corão, propõe pela primeira vez, nesta obra, a integralidade da sua leitura dos Salmos."




5 comentários:

  1. Não encontro palavras Maria João.

    A beleza é imensa e o silêncio é igual ao maravilhamento.
    Beijinhos. Grata pela partilha!:)

    ResponderEliminar
  2. Um post muito lindo!
    Claro que vale a pena falar, porque sim, esta é uma forma de afastar a solidão.
    Aqui aprendemos e fazemos amigos.
    Para mim já é uma parte importante do meu dia.

    Um beijinho e obrigada pelos seus lindos post

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigas, SEMPRE!!!! Um beijo, minha fiel comentadora!

      Eliminar
  3. Tem razão a Isabel, falar é uma forma de afastar a solidão, portanto de ajudar-nos a nós mesmos, não de ser generosos, senão egoístas como sempre.
    Os criminosos manifestam-se quando cometem crimes, mas quem são os bons, que mérito tem afirmar que se é bom? Quem tem direito a autoproclamar-se justo?
    Os justos são "os que rezam dia e noite"?
    Todos os que cometemos erros somos más pessoas?
    Quem fala verdade no seu coração?
    Há quem não empreste dinheiro a juros simplemente porque não o tem ( como eu...)
    Muitas perguntas: nenhuma resposta.
    Vou limpar o pó da casa, coisa que detesto mas hoje toca. O da alma fica para outra vez...
    Mil beijinhos

    ResponderEliminar
  4. A minha qnem dogmático - os salmos, pelo menos, não o são, não os vejo como tal... Deixam a liberdade de estar de acordo ou de protestar.Por vezes dão uma resposta. Mas...fazem sempre companhia, por isso os procuro!
    Quem é o criminoso? Quem é o justo? Quem fala verdade no seu coração? perguntas fundamentais! Porque "não está escrito" quem é o justo ou o criminoso, quem é vítima ou verdugo,quem erra ou faz o bem- e o que é o erro (ou o bem) para uns não o é para os outros...
    Enfim, pôr em questão TUDo isso é que interessa. A sério, vendo bem dentro do nosso coração, porque a verdade não é igual para todos (quantas verdades há por aí!)porque só no coração a verdade é única - a nossa, que não é para impingir aos outros como única. Nunca.
    E, antes de ir também limpar o pó (!!!bem precisa a casa!), cito o Gide de que gostas (como eu) : "è mais importante procurar do que chegar- ou encontrar!"
    Logo, eu prefiro muitas perguntas às respsotas... que as não tenho! E estou farta de quem as tem!
    beijinhos

    ResponderEliminar